A vida não é como no Tinder…

Porque a vida não é um Tinder?

Porque quando a gente bloqueia o celular parece que estamos saindo de um mundo totalmente diferente do que realmente estamos?
Em um mundo onde todos estão tão felizes e satisfeitos cheios de auto estima,festas incríveis e amigos que são verdadeiros companheiros nos fazem pensar em quão insatisfeitos estamos com nossa realidade.
A vida não é um Tinder e não não podemos dar um match nas pessoas que mais nos interessam e as que nos entendiam.
Hoje eu estava aqui pensando em qual deve ser o meu problema.
Porque às vezes a gente tem essas coisas de auto análise e começar a pontuar o que não nos faz feliz e sublinhar as palavras mais importantes que vem a nossa cabeça quando o assunto é a vida sentimental.
Quer saber ?
Gostaria que pelo menos a vida tivesse um pouco de Tinder onde match seria a diferença entre nosso comprometimento inquestionável ou não.
Porque não posso fazer quem eu amo me amar e não posso dizer o mesmo da mesma pessoa.
O jeito é sonhar e esperar que toda essa onda sentimental me dê um tempo para colocar as coisas de volta no lugar.
À vida é algo tão palpável afinal e pena que não é como no Tinder…

Onde estão todos os critérios que eu tinha antes de saber que nem tudo é como eu gostaria que fosse?

Onde estão as minhas reservas de uma vida toda e que desde que me perdi dentro de mim já não sei mais de nada.
Porque tudo o vive tem que morrer e o que foi vivo não necessariamente viveu.
Ando calculando meus passos em rumo de alguma coisa parecida com felicidade.
Encontro em mim forças pra seguir e entender todos os rumos da minha vasta caminhada.
Possuo em minhas mãos poder de decisão poder de ser ou deixar de ser e querer.
Encontro em mim todas as confusões possíveis e imaginárias é uma gama de cores que dão sentido a tudo aquilo que mereço ou tenho.
Sou vagamente sombra do que fui ontem e o rascunho do meu futuro.
Em mim há multidões…
Imensas multidões imersas em um profundo oceano de dúvidas e incertezas.
E ainda com toda multidão que em mim você ainda assim serei eu aqui a esperar meu grande momento.
Tudo que tiver que ser será !

Difícil entender as pessoas…

Sabe o que você precisa pra me dar valor?
Um belo não no meio da lata.
Precisa que eu não ache mais graça nas suas piadas sem sal.
Que meus olhos não brilhem mais quando te olhar e que nada que você fizer me surpreenda.
Que eu não te responda na hora, que não atenda sua chamada e nem leia seus e-mails.
Porque em matéria de amor é só assim que a gente vale alguma coisa.
É o desinteresse que traz alguém perto da gente porque quando se está disponível demais fica fácil demais voltar quando for conveniente.
Porque as pessoas gostam tanto disso?
Qual é a graça nesse sadomasoquismo barato que faz com que a gente se apegue em quem não se apega na gente?
Quando se está vivendo isso a gente consegue entender melhor as coisas, todos gostam de um bom jogo de sedução mas nem todos sabem jogar e nem como entender o fim dele.
Quando se perde o flerte parece que tudo acaba, não se tem mais aquele tesão reprimido que a gente sente e o frio na barriga ao menor toque e parece que as pessoas só se interessam por isso e não pelo que vem depois.
A gente se esquece que mais dia menos dia nossa juventude vai nos deixar o maior saudosismo do mundo e então seremos só nós com a gente mesmo.
Qual é a graça em ser difícil?
Bom… graça até tem mas ser difícil demais vai te levar a auto-sabotagem e você um dia vai se perguntar pra onde foram todos.
Aprenda que em matéria de vida e relacionamentos a gente nunca sabe muita coisa sem ter vivido e não aprende nada sem nunca ter sofrido.
Jogue o seu jogo de sedução até o fim e quando ele acabar entregue-se ao que chamamos de maior sentimento do mundo.
O amor!

Já pensou?

Você já parou pra pensar na quantidade de relacionamentos em potencial que você perdeu ou que pelo menos tentou e não deu certo?
Como quando a gente conhece aquele cara incrível com aquele sorriso de comercial de pasta de dente e um papo tão envolvente que no fim do primeiro encontro você volta pra casa já imaginando quem vai buscar e pegar as crianças no inglês?
Ou aquele cara tão fofo que deixa você tão cheio de si que no final já perdeu o interesse de tão fácil que foi e pensando bem não era aquilo que você queria?
Ou então o rapaz descolado que você pegou na balada e que é tão lindo mas tão lindo que você já fica imaginando a cor das flores que vai dar pra mãe dele quando for conhecê-la ?
Mas aí a gente fica tão extasiado com tantas coisas acontecendo espera tanto que alguém legal apareça nas nossas vidas e no fim você está sozinho voltando meio bêbado pra casa cheio de planos mas nenhuma certeza…
Então você abre a porta senta na beirada da cama tira o tênis, joga a camisa no chão deita na cama ergue as pernas pro alto e tira as calças jogando-as no ar com as pontas dos pés, verifica seu WhatsApp, Facebook mas até agora nenhuma novidade.
Aí você entra naquela coisa de que não quer se relacionar com ninguém e diz isso pra todo mundo pra poder esconder a sua frustração por ter encontrado tanta gente assim no caminho.
Porque se você demonstra está marcando em cima demais.
Se não demonstra é falta de interesse da sua parte.
Não é você.
Talvez nem ele.
Talvez seja seja uma questão de encontrar um meio termo no meio dessa confusão…
Ou não.
Talvez a pessoa certa seu aquela em que você não precise mudar exatamente nada pra que ela possa te amar.
Talvez seja você que precise mudar seu ponto de vista em relação às coisas e pessoas que estão ao seu redor.

 

 

Foi tudo culpa minha…

Talvez tenha sido culpa minha.
Ter sido tão sincero a ponto de esclarecer todas as suas dúvidas.
Atender sempre o celular e não marcar nada pra Domingo porque com
certeza estaríamos juntos.
Talvez meu imediatismo tenha sido a corda em que me enforquei.
Sou culpado de ter deixado tudo pra depois pra ficar ao seu lado
marginalizando meus sentimentos e me deixando pra mais tarde.
E então um belo dia você foi embora porque encontrou alguém que te faz
bem e mexeu com você.
Como entender isso?
Como aprender a lidar com esse sentimento de que eu só estava ali o
tempo todo na reserva até que sua hora chegasse e você partisse.
Quantas pessoas se doam sem pedir nada em troca e no final acabam
ouvindo um discurso ridículo como esse?
Amar é um saco mas é necessário pois sem isso nada vale a pena,mas
aprenda que amar sem enxergar pode acabar em uma catástrofe tão grande
a ponto de fazer você nunca mais se abrir pra isso de novo.
Quando alguém se vai das nossas vidas nos faz perceber nossos erros e
admitir nossas fraquezas.
Quantas vezes você trocou de operadora?
Quantas vezes você esperou até mais tarde no seu trabalho pra que o
tempo de vocês irem comer alguma coisa batesse porque ele sairia mais
tarde?
E quando você se desdobra pra conseguir alguma grana com seus amigos
só pra poder estar com ele mais uma vez em algum lugar que ele ame mas
você não ?
E ai você acabou se perdendo, nos sentimentos e nas palavras porque
aquilo tudo era tão novo pra você e tão bom que quando se deu conta já
estava entregue ponto de que se saísse sairia machucado.
Mas então com todas as informações que você recebeu a respeito da nova
vida do seu bem tanto faz porque machucado agora você vai sair de
qualquer forma.
Engraçado como as pessoas não conseguem acreditar que um ex da gente
ainda pode ser nosso amigo.
Eu acho que pode sabia?
Mas não sei se todos é claro.
As pessoas não acreditam nisso porque é quase impossível um
relacionamento terminar com calma, conversa e tranquilidade.
Geralmente a gente ouve muito falar alguma coisa sobre traição e mentiras.
E então você há de convir comigo que fica difícil ter amizade com
alguém que você dedicou todo seu tempo seu carinho, respeito e ainda
por cima foi corajoso a ponto de mentir pra você…
E então passado todo esse pesadelo você aprende a se amar mais, eu por
exemplo ao sair de um relacionando ferido me levanto ainda mais forte
e experiente.
Porque ninguém está livre disso não é mesmo?
E se não estamos livres vamos viver os riscos e nos machucarmos em um
imensa poça de lágrimas e decepções até que em algum momento alguém
faça você entender porque todos os outros nunca deram certo.

Eu gosto disso!

E eu gosto disso.
Enquanto ando na rua ouvindo uma música que eu amo e o vento bate no meu rosto.
Quando passo por uma grande avenida onde os bares lotados de juventude me fazem viver e querer continuar.
Aquela estrada onde as casas não mudam.
Eu gosto.
De ver você pelo computador e quando estamos juntos eu amo.
De estar ao seu lado aumentando a possibilidade de tocar no seu braço acidentalmente.
Da chance de poder te esperar na praça de alimentação ansioso e sem saber como devo manter meus braços, se para trás ou de uma maneira que uma mão aperte a outra.
De perder a fome de tanta ansiedade e sentir saudade.
De viver pra sonhar com um futuro que ontem eu nem sequer pensaria em comtemplar.
Eu gosto disso.

Sabe de uma coisa?

Sabe de uma coisa?
Eu nem sempre fui assim, as vezes eu ainda pensava que certas coisas no mundo ainda não podiam ser compreendidas por uma questão de tempo e espaço.
E que as pessoas se magoavam porque se sentiam perdidas e sem entender o porque suas vidas estavam todas bagunçadas e se viam no meio-fio.
Sabe de uma coisa?
Eu estava errado, porque com o tempo aprendi que estar perdido não é a mesma coisa que ser leviano, e perdição nem sempre significa algo ruim.
Podemos estar perdidos de tantas formas, sejam boas para que possamos sentir o verdadeiro sentido disso tudo quando tudo isso acabar.
Ou então perdidos de uma maneira ruim para podermos entender que nem tudo o que queremos é de fato o que precisamos.
Sabe de um coisa?
Eu sinto falta de minha ingênua certeza de que Natal aproximava de verdade as pessoas e que a páscoa era somente uma divertida época em que ganhávamos chocolate.
O nosso mau é saber que por mais que um dia tudo vai acabar ainda temos vontade de acabar com os sonhos alheios e desiludir pessoas que precisão em certos momentos de ilusão.
É esperar demais de um milagre quando sabemos que milagres nem sempre vem, eles até existem mas não acontecem para qualquer pessoa.
E a mágoa intensa que guardamos dentro de nós mesmos sem pensar que um dia quando o anjo da morte nos abraçar não teremos mais motivo alguém para sentir mágoa alguma,somente saudade.
Precisamos entender que a vida tem desígnios que não nos cabem compreender e que tudo faz parte de um intenso processo que desde antes nossos tataravós nascerem já estava aqui, portanto seria petulância demais supormos que poderíamos alterar todos os processos da vida.
Não deixe de amar quem você ama porque seu orgulho te fere cada vez que pensa em voltar atrás da sua palavra.
Não espere seu celular tocar na madrugada com alguma notícia que poderá te marcar para o resto da vida.
Se quiser dançar,dance e se quiser chorar chore, berre, e se achar que algum sentimento está sufocando você coloque-o pra fora já.
Mas viva e não se arrependa de tudo o que fez e nem do que não porque na realidade tudo que tem que ser será da forma que ocorreu.
Mas faça um favor pra mim?
Saia do estado de espírito mais tosco que existe, o ócio.
Viva porque um dia tudo isso será apagado pela areia do tempo e você não pode fazer nada a respeito.
Fale a quem deva como você se sente e liberte todas as dores passadas pois elas já perderam seu prazo de validade.
Esqueça velhos amores porque eles apareceram na sua vida somente para te ajudar a construir o caráter que você tem hoje.
Sabe de uma coisa?
Não olhe para o passado e não more lá nunca mais !

Faz sentido?

Até onde tudo faz sentido?
Eu amei ele que amou o outro que amou você?
Até onde tudo foi bom e quando foi que as coisas começaram a desmoronar em nossas vidas.
Porque pessoas feias procuram bonitas, bonitas procuram lindas que por sua vez querem os caras perfeitos que não querem ninguém pois são perfeitos.
Ai a gente vive aquele drama que noventa por cento dos gays vive quando acha que não vai ser feliz e que todos tem as pessoas ao lado, são plenas e felizes enquanto nossas vidas vazias são preenchidas ao som de um pop chiclete e algum drink a base de vodca.
Nós temos vocação de nos sentirmos infelizes porque não conseguimos enxergar os bons fatos que a vida tem.
Porque olhamos para as pessoas com um olhar desaprovação sem nos dar conta que somos pessoas vazias ao enxergarmos primeiramente em alguém o que essa pessoa é por fora.
Vamos nos permitir.
E isso não quer dizer que você deva pegar o primeiro cara que apareça, mas não seja tão seletivo a ponto de pensar que seu príncipe encantado ainda não chegou.
Porque ele não vai chegar, pois isso aqui é real e não é como nos filmes que no final seu amor resolve desembarcar do trem pra ficar com você e viver feliz pro resto da vida.
Que sentido tem isso pra você?
A vida tem gosto de que ?
Porque se você souber já é meio caminho andando te garanto que sua empreitada será bem mais fácil do que a minha.
Não se desapegue de tudo com tanta facilidade pois a vida é um árdua batalha entre o sim e o não, o bem e o mau.
é com você agora, não reclame mais, obtenha êxito e assim quem sabe com um pouco de sorte tudo pode começar a mudar.
Você não pode se iludir mas também não iluda ninguém, faça por você e depois por quem estiver ao seu lado.
Pessoas tem que andar com as mãos dadas em um comum acordo em um mundo que não faz mais amor somente guerra.
Pode ser sua chance hoje de amanhã entender porque se sente tão sozinho.
Pois uma coisa é ser só outra é estar só.
Eu ainda não entendi a dinâmica dos relacionamentos, mas sei que sem um pouco de determinação e uma boa dose de pés no chão você não chega longe.
Viva porque um dia seu coração não vai mais bater, seus olhos nunca mais irão brilhar não porque você morreu, mas porque esqueceu de amar!

Eu escolhi mudar !

Eu resolvi mudar.
Eu escolhi mudar!
Porque aprendi a cair,aprendi a levantar e cair de novo.
Porque tudo estava tão interligado no meu mundo me deixando a esmo em um universo infinito de medo angústia e mágoa.
E por isso eu resolvi que antes que seja tarde demais eu precisava mudar.
Mudar significa aprender, mas tem que ser pra valer.
Quando a gente deixa de ver o preto em tudo sabe.
Quando a gente esquece o babaca que nos fez sofrer.
Quando não se apega mais em coisas pequenas e deixa de lado o ego ferido pra aprender que tudo faz parte de um plano obscuro da vida para que possamos evoluir.
Se você procurar no dicionário vai ver que a palavra mudança tem um efeito positivo e tem mesmo.
Mas quando você muda em prol de você e pelas pessoas amadas que já não aguentam mais a sua autocritica e autopiedade.
Mude, mude seu caminho, seus amigos se for o caso, fique solteiro se sentir vontade e namore se achar conveniente mas pelo amor de Deus faça alguma coisa.
Meu medo é de nunca conseguir mudar em mim aquilo que mais precisa ser mudado, a minha forma de ver o mundo.
Aprender que por mais que eu acuse pessoas pelas coisas ruins eu também posso estar sendo acusado nesse exato momento.
Colocar o peso da derrota nos outros é muito mais fácil e fazer com as pessoas nos digam aquilo que precisamos ouvir é mais simples do que imaginamos.
Eu não espero mais nada de ninguém, não atendo mais chamadas desconhecidas e tampouco dou razão a quem não mereça.
Porque depois de algum tempo na vida a gente meio que acorda de uma espécie de transe sabe daqueles que nos faz perguntar:
-O que é que eu estava fazendo?
Porque onde você esteve andando todos esses anos?
Foi o que você queria?
E quando essa viajem terminar você estará satisfeito com o resultado final?
Você amou o suficiente?
Perdoou?
Pediu perdão porque é essencial.
Não adianta sair por ai pregando perdão se ainda não se conhecer o sentimento na íntegra.
Pode ser que dê certo pode ser que não.
Você pode se dar bem ou toda essa nossa conversa aqui talvez nem dê em nada.
Vai saber…
Eu também não posso te dar garantia de nada.
Posso apenas te dizer que eu já não sou o mesmo e nem quero ser Deus me livre.
Mas eu quero continuar a aprender todas essas coisas que a vida me mostra e saber que um dia meu resumo de vida será muito mais interessante do que eu tenho a apresentar hoje.
É como em uma entrevista de emprego, quem tem mais a oferecer leva o cargo então mãos a obra.
Você pode ter as coisas que quiser mas não vem com essa que se pular de um prédio vai sair voando porque uma coisa é acreditar outra é se iludir.
E do mais vá levando como se pode, sofra baixinho para não incomodar as pessoas ao lado e se permita uma coisa muito importante na vida:
Viver!